Entenda tudo sobre Adestramento Inteligente

O adestramento de um animal é importante e requer o estudo de algumas técnicas e táticas, não é possível adestrar um bichinho sem estudar seus comportamentos primeiro. O adestramento inteligente é baseado em informações e técnicas que facilitam e agilizam esse processo de treinamento.

adestramento inteligente

Ele tem como princípio os reforços positivos. Assim, trabalha de acordo com as atitudes corretas realizadas pelos pets e evita qualquer tipo de violência quando elas não ocorrem. Essa adestração também influencia o dono, porque incentiva um comportamento mais calmo e claro com seu animal.

Os cães com 50 dias já podem começar o treinamento e os cães idosos também, já que tudo se baseia em recompensar atitudes positivas, eles também vão compreender os comandos. Petiscos e “clickers” são dos exercícios. Buzinas e apitos são recomendáveis como clickers, por estimular a audição dos bichos.

No entanto, nada com um som muito alto, por causa da audição sensível dos cachorros. A definição é simples: o dono ou adestrador aciona o clicker no momento em que o animal executa o comando pedido. Assim, há a indicação da atitude correta que ele deve seguir e o entendimento do animal ocorre logo em seguida, quando recebe uma recompensa que lhe agrada.

É preciso entender que mesmo ao longo do adestramento, o animal pode desobedecer algumas ordens, isso é normal. No caso dos cães, a memória deles é muito instantânea, se a prática não for constante, eles acabam esquecendo o que aprenderam. Para que isso não ocorra, fique atento a algumas dicas:

  1. Você precisa conhecer seu cão: existem diferenças entre raças, algumas são mais agitadas, outras mais calmas. Existem cães mais “rebeldes” e outros mais fáceis de serem disciplinados. É importante também entender a personalidade do seu bichinho, saber os pontos fortes e os pontos fracos dele. Por que ele é teimoso? Quais as características que fazem de um cão difícil de ser adestrado?
  1. Paciência é tudo: o treinamento exige calma, não serão algumas semanas que farão do seu pet um animal adestrado. O treinamento leva alguns meses. Evite sessões de adestramento quando o seu dia não estiver bom, pois o seu temperamento influencia no aprendizado do animal.
  1. Organização é tudo: a organização do adestramento é essencial para que o cão não se confunda. O treinamento não vai funcionar se você quiser aplicar todas as técnicas de uma vez, siga uma ordem e uma lógica. Consequentemente, os resultados vão aparecer mais rápido e você não vai se sentir desmotivado para continuar os ensinamentos. 
  1. Pesquise, estude: existem diversos especialistas com dicas na internet, vídeo aulas. Isso pode te ajudar ainda mais e agilizar o adestramento inteligente. Entenda os comportamentos caninos, aprenda dicas de comunicação e sinais que o cachorro pode te dar e que possam ser usados para aplicação dos procedimentos para disciplina-lo. 
  1. Acompanhamento de um especialista: é possível treinar seu animal em casa com dicas encontradas em blogs, sites especializados e até mesmo cursos online. Contudo, ajuda bastante no início ter o contato de um adestrador para que ele acompanhe os exercícios, faça algumas sugestões e correções. Isso pode te ajudar a sentir mais confiança na hora de ensiná-lo e transmitir mais tranquilidade para que o cão obedeça as regras impostas.

Curiosidades sobre os cães

  1. Eles não gostam de ficar sozinhos 

Sim, os cães preferem ficar em um espaço menor, mas com companhia da sua família, a ficar em um espaço enorme, porém sozinhos. Para manter seu bichinho saudável, passeie com ele e faça ele se exercitar. 

  1. Para se tornar um cão de guarda, o cão precisa ficar preso?

Isso é mentira! Os cachorros precisam de estabilidade e principalmente, de coragem. Manter o animal preso causa o efeito contrário, ele desenvolve alguns medos, traumas e pode, inclusive, ficar muito ansioso.

Além disso, existe o risco da sua saúde ser prejudicada, já que o mesmo lugar onde se alimenta, ele faz suas necessidades. Os pets precisam socializar igual nós humanos, se isso não ocorre, eles podem ficar emocionalmente abalados.

  1. Repetição é um dos segredos para um bom adestramento?

Não necessariamente. Os cães podem sim aprender algo instantaneamente. No entanto, o treinamento precisa ser constante e sempre com muito respeito. Ninguém quer traumatizar o animal, não é mesmo?

Gostou das dicas e quer saber mais sobre cuidados com seu pet? Continue acompanhando o blog!