Seguro Automotivo: Veja os Danos que o Seguro não Cobre!

Muitas pessoas têm dúvidas sobre o seguro automotivo cobre ou não. Isso mesmo que o cliente tenha em mãos o contrato da prestação de serviços.

Para você não exigir coberturas de danos que os seguros auto costumam não cobrir, pesquisamos o que está fora das cláusulas de seguros básicos. Algumas coberturas de danos pelo seguro automotivo só estão inclusas em serviços adicionais contratados.

Seguro automotivo veja os danos que o seguro não cobre

Danos que os seguros automotivos não cobrem

A seguir, você confere os principais danos que o seguro automotivo não costuma cobrir. Portanto, tenha cuidados para não com algumas situações e em proteger algumas partes do seguro automotivo:

  • Acessórios

As seguradoras, em geral, só oferecem cobertura a danos sofridos pela estrutura geral do veículo. Isso inclui a carroceira, o chassi, a caixa e o motor do auto.

Peças adicionais costumam não serem cobertas pelo seguro automotivo que não possui coberturas adicionais contratadas. Assim, tome cuidados com os acessórios caros, rodas do tipo esportivas, kits de gás, sistemas de som, entre outros.

Outro dano não coberto pelo seguro automotivo é em relação à blindagem de veículos.

Assim, uma solução é gastar um pouco mais com coberturas adicionais que protejam esses itens. Caso esses acessórios venham sofrer danos, o valor para consertá-los ou repô-los pode sair mais alto do que a taxa paga mensalmente pelo seguro.

  • Vidros: a cobertura de danos a vidros pode estar ou não inclusa nas coberturas básicas do seguro automotivo. Isso é algo que costuma variar bastante de seguradora para seguradora.

 

  • Perda de direitos de coberturas: a má utilização do veículo pelo condutor pode fazer com que ele perca o direito de algumas coberturas, mesmo que elas estejam previstas em contrato. Essas principais situações costumam ser:

 

  1. Exposição do carro a riscos
  2. Desgaste natural de peças
  3. Trafegar com o veículo por locais que danificam o auto, como lama ou areia de praia
  4. Usar o carro para participar de eventos com grande quantidade de pessoas e outros veículos, como manifestações
  5. Expor o carro a enchentes e alagamentos. Caso seja algo acidental, o seguro automotivo costuma cobrir os danos, mas se o motorista entrou propositalmente nessas condições, a situação será averiguada
  6. Danos causados por rebeliões, resoluções ou guerras
  7. Danos sofridos por confisco e apreensão do veículo por desrespeito à autoridade militar ou civil
  8. Transitar com o veículo por lugares proibidos, como áreas com areias movediças, erosão de terra, asfaltos com problemas, etc
  9. Danos causados por radioatividade ou radiações
  10. Usar o veículo para participar de apostas de velocidade ou de outra natureza, como os chamados “rachas”
  11. Colocar mais passageiros no carro do que o suportado
  12. Deixar pessoa sem CNH (Carteira Nacional de Habilitação) guiar o veículo segurado
  13. Sinistros ocasionados propositalmente
  14. Fraude ou tentativa para obter benefícios do seguro, como simulação de furto ou roubo
  15. Agravar intencionalmente os danos do veículo
  16. Danos causados pelo segurado guiar o veículo em condições inapropriadas, como: sob o uso de álcool, transtornos mentais ou sob o uso de drogas

 

Coberturas adicionais para danos em seguros automotivos

Caso você não queira ter dor de cabeça com eventuais danos não cobertos pelo seguro automotivo básico e tem condições de desembolsar uma quantia a mais por mês, pode contratar coberturas adicionais. Veja, a seguir, algumas dessas coberturas especiais oferecidas pelos seguros:

Peças e acessórios específicos

Na hora da contratação, a maioria das seguradoras oferecem coberturas especiais para peças e acessórios, como: sistemas de som, vidros elétricos, kit de gás, blindagem, entre outros.

Responsabilidade Civil

O custo dessa cobertura costuma ser alta, mas pode valer a pena. Ela garante cobertura total de danos causados por terceiros ao veículo assegurado pelo seguro automotivo.

Carro reserva

Coberturas básicas de seguro automotivo não costumam incluir a disponibilidade de um carro reserva para o segurado. Essa cobertura especial não costuma ser muito cara e vale a pena.

O segurado recebe um carro, por tempo determinado em contrato, caso o auto segurado tenha sido roubado ou furtado ou não esteja em condições de uso.

Viagens internacionais

Pessoas que costumam viajar de carro, principalmente, para países da América do Sul, devem optar por essa cobertura especial no seguro automotivo. Com isso, as coberturas contra danos no veículo são cobertas mesmo que o auto esteja em território estrangeiro.

Valor da indenização

O seguro automotivo básico indeniza o cliente com o valor de referência, geralmente, da Tabela Fipe. A cobertura básica do valor indenizado de um carro 0 km costuma ser feita durante 90 dias de contrato.

Com coberturas adicionais, esse período pode ultrapassar o prazo de 180 dias.